5 dicas para uma recolocação profissional de sucesso

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

recolocação profissional

Depois de uma demissão, buscar por uma recolocação profissional é o passo natural para a maioria dos profissionais. No mercado de contabilidade, assim como em muitas outras áreas, essa é uma realidade e esse processo demanda dedicação para que o tempo parado não se estenda por um longo período. Mas nem sempre é fácil se dedicar a essa tarefa, seja pela insegurança gerada com a demissão ou por falta de estímulo.

Neste artigo, vamos mostrar algumas dicas para que você conquiste uma recolocação profissional e supere o trauma da demissão. Confira!

Reveja sua postura

A primeira coisa a se fazer no caso de uma demissão é refletir atentamente para entender quais foram os motivos que ocasionaram a saída da empresa. De maneira sincera, avalie a situação e entenda o que ocorreu: você deixou de estar alinhado com as necessidades da empresa? Houve uma reestruturação na sua área?

Pense em suas competências (e também nas falhas que podem ser corrigidas) e tire suas conclusões dessa experiência. Muitas vezes, a demissão pode ser um bom momento para rever sua postura e mudar o rumo da sua carreira.

Atualize seu currículo

A busca por uma recolocação profissional exige que seu currículo esteja atualizado. Inclua ali todas as informações que julgar úteis, como cursos realizados, resultados alcançados no último emprego e suas principais qualidades. Não custa lembrar que mentir, colocando informações que não procedem, é um grande perigo. Afinal, não é mentindo que você vai conquistar a confiança do seu possível novo chefe.

Ainda falando sobre currículo, você já ouviu falar do LinkedIn? Se não, já passou da hora de ter o seu perfil nessa rede social profissional. Aproveite para deixá-lo tão atualizado quanto seu currículo e encontrar antigos contatos profissionais de lugares em que você já tenha trabalhado. O que nos leva ao nosso próximo ponto.

Reative seu networking

O ideal é que você não perca contato com amigos de outras empresas e colegas da faculdade, mas, se isso acontecer, esse é o momento certo para reencontrá-los pessoalmente ou nas redes sociais. Esses contatos podem ser sua porta de entrada para uma recolocação profissional de sucesso. Em algumas empresas, inclusive, indicações podem contar muitos pontos na seleção.

Participar de alguns cursos ou encontros na área também pode ser uma excelente forma de fazer novos contatos e encontrar boas oportunidades. Além disso, você ainda ganha uma nova capacitação, que enriquece seu currículo e pode ajudar na recolocação profissional.

Amplie seus horizontes

Muitas vezes, a estabilidade em um emprego faz com que alguns profissionais se acomodem em um tipo de trabalho ou empresa específicos. Isso nem sempre é bom e a demissão pode ser uma oportunidade para olhar a sua vida profissional com outros olhos.

Se você sempre trabalhou em escritórios de contabilidade, por que não encarar o desafio de atuar em uma empresa que tenha um setor específico para essa função? A mesma reflexão vale para uma vaga temporária, que pode evoluir para uma oportunidade definitiva. E mesmo que isso não aconteça, será um momento importante de fortalecer seu networking e aumentar sua experiência.

Na hora da entrevista, seja você mesmo

Se depois de seguir essas dicas você for chamado para uma entrevista, chegou a hora de colocar a última delas em prática. Seja você mesmo e ressalte os resultados que você alcançou nos locais em que trabalhou, mas sem esquecer de destacar o trabalho em equipe e a cooperação de seus pares.

Mais uma vez, não minta se questionarem o que o levou a deixar o outro emprego, mas responda com cautela, de preferência mostrando que você já está tomando as providências para sanar o problema identificado.

Você tem mais alguma dica para conseguir uma boa recolocação profissional? Compartilhe-as com a gente nos comentários e não deixe de conferir mais posts e informações no nosso blog!

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn