5 indicadores de desempenho para medir seu sucesso

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

indicadores de desempenho

Você já avalia os seus resultados por meio de indicadores de desempenho? Caso a resposta seja negativa, saiba que essa é a ação que pode estar faltando para que tenha pleno controle do seu negócio. Basicamente, os indicadores de desempenho são métricas importantes para a empresa. Esses dados são usados não só para a realização do planejamento estratégico do negócio, como também são indispensáveis durante o monitoramento — afinal, é preciso bons parâmetros para avaliar cada atividade.

Acontece que cada empresa tem suas peculiaridades. Se um indicador é usado em um tipo de empresa, não necessariamente deve ser usado em outra. Por isso, é fundamental identificar com clareza quais serão os indicadores de desempenho usados pelo seu negócio.

Para ajudá-lo, resolvemos trazer neste post uma lista com os 5 principais tipos de indicadores de desempenho. Confira!

Indicadores de produtividade

O primeiro grande grupo de indicadores de desempenho está relacionado à produtividade do negócio. Em outras palavras, eles têm uma relação direta com a forma como a empresa emprega seus recursos. Conceitos como eficiência e eficácia estão intimamente ligados a esses indicadores.

Alguns exemplos de indicadores de produtividade são aqueles relacionados à produção hora/colaborador, hora/ máquina ou até o indicador de nível de serviço de entregas.

Indicadores financeiros

Esse tipo de indicador, por outro lado, tem como objetivo mensurar o capital da empresa ou os resultados obtidos com o negócio. São fundamentais, afinal, você precisa acompanhar esse tipo de indicador para verificar se o seu negócio está realmente crescendo de maneira sustentável.

Podemos citar como exemplo os indicadores financeiros que buscam avaliar o capital próprio do negócio, o capital de terceiros empregado, a demonstração de resultados do exercício (DRE), o balanço patrimonial, etc.

Nesse grupo, encontram-se ainda os indicadores de liquidez, que têm como objetivo demonstrar a capacidade que a empresa tem de se pagar a longo e curto prazo, podemos citar como exemplo a rentabilidade.

Indicadores de qualidade

Esses indicadores são indispensáveis e complementares aos de produtividade. Algumas perguntas podem ser respondidas, tais como: houve desperdícios? A empresa está realmente atingindo o máximo de produtividade?

Como exemplo podemos considerar o indicador de nível de avarias, que aponta a quantidade ocorrida durante um período — nesse caso, está diretamente ligado à questão da produtividade, certo?

Indicadores de custos

Se os indicadores de qualidade são complementares aos indicadores de produtividade, os indicadores de custos podem ser avaliados em conjunto com os indicadores financeiros. Basicamente, a ideia desse tipo de indicador é definir, com clareza, quais foram os custos empregados em cada atividade.

Podemos separar esses indicadores entre aqueles que nos mostram os custos fixos ou variáveis, mas o importante é sempre acompanhá-los para verificar se a sua empresa está realmente empregando os recursos da melhor maneira.

Indicadores estratégicos

Por fim, temos os indicadores estratégicos. Esse tipo é definido com o objetivo de permitir ao avaliador fazer uma análise da situação atual em comparação à anterior. Em outras palavras, são estabelecidos durante o planejamento estratégico para que a empresa saiba se está seguindo o caminho certo ou se precisa corrigir seu rumo.

Não existem exemplos fixos para esse tipo de indicador, afinal, cada empresa tem informações estratégicas peculiares. O importante é definir, com clareza, quais são eles e começar a coletar os dados.

Gostou das nossas dicas? Ficou com alguma dúvida? Então deixe o seu comentário!

BANNERs_blog_GENERICO735x123

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn