6 dicas para cortar custos na empresa

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

dicas para cortar custos na empresa

Quando falamos em cortar custos na empresa, não existe um empresário que não fique interessado. O objetivo comum de qualquer proprietário é atingir o maior lucro possível e, para que isso aconteça, a diminuição de gastos é uma grande aliada.

Para auxiliar você nessa tarefa, apresentaremos a seguir 6 dicas para cortar custos na empresa. Acompanhe:

Faça um planejamento dos seus gastos

Imagine que, na primeira semana do mês, você recebe uma ótima proposta de investimento em marketing para a sua empresa e decide aceitá-la. Porém, para o restante do mês, o orçamento para comprar materiais para o estoque ficou comprometido e você não conseguirá produzir o suficiente para atender à demanda. Parece um grande problema, não é?

Essa situação pode ser muito recorrente se você não tiver um planejamento adequado. Sem ele, você acabará gastando com coisas que não deveria sem nem mesmo notar. Por outro lado, ao saber quanto você dispõe para ser investido durante determinado período de tempo, é possível que você aloque o valor necessário para cada área sem comprometer as demais.

Tenha cuidado com os pequenos gastos

Ao tentar cortar os gastos, é muito comum que todas as atenções sejam voltadas para as grandes quantias de dinheiro: fornecedores, funcionários, tributos, aluguel. É importante saber que os gastos de menor expressão — principalmente os mais frequentes — também fazem uma grande diferença na soma final.

Um clássico exemplo disso são as empresas que deixaram de disponibilizar café para os seus empregados e, com essa simples ação, passaram a poupar quantias expressivas ao longo de um ano inteiro.

Não deixe de revisar também os seus gastos mensais não ligados diretamente à sua atividade fim, como contas de energia elétrica, água e internet. Afinal, uma simples redução no plano pode significar uma quantia valiosa em caixa.

Evite complicações legais

Por melhor que seja o seu planejamento, sempre existirão gastos imprevistos que poderão deixar suas finanças apertadas. É seu dever tomar todos os cuidados necessários para evitar que isso aconteça. Caso seja inevitável, é fundamental garantir que você será capaz de cumprir com todas as obrigações legais para manter a sua empresa ativa, pois as penalidades costumam ter um valor bastante expressivo.

Pense a longo prazo

Você possui uma máquina que é capaz de produzir um número razoável de peças por dia, mas tem um desperdício muito grande. Porém, para adquirir uma nova máquina que tenha um rendimento melhor, o gasto seria muito alto. Nessas situações, o ideal é fazer uma projeção de vários anos para calcular se vale a pena ou não.

Se a nova máquina for capaz de produzir mais e diminuir o desperdício, o gasto deve ser encarado como um investimento, pois será uma despesa a mais no presente para diminuir os gastos no futuro.

Melhore a relação com os fornecedores

Uma boa relação com seus fornecedores pode ser um diferencial para cortar alguns custos na empresa. Ao manter a fidelidade, você pode buscar descontos em compras de larga escala ou aumentar o parcelamento, por exemplo.

Tire o melhor de seus funcionários

Sem seus funcionários, seria muito difícil manter a sua empresa funcionando. Mas será que eles estão dando o seu melhor durante a jornada de trabalho? Você deve estudar se realmente precisa do número de funcionários com que conta hoje e também se a carga horária está de acordo com a produção apresentada.

Além disso, em períodos de baixa no mercado, uma boa opção é conceder férias coletivas, o que também ajuda a reduzir os custos por um período de tempo.

Diminuir os gastos nem sempre é uma tarefa simples, mas com pequenas ações coordenadas é possível chegar a um ótimo resultado no fim do mês.

Você gostou das dicas para cortar custos na empresa? Então curta a nossa página no Facebook para continuar acompanhando nossos conteúdos!

SageStart_oferta_preco_Financeiro_735_123px

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn