8 dicas para se tornar um grande líder

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

líder

O caminho que uma pessoa deve percorrer para crescer profissionalmente e alcançar posições de liderança não é nada simples, sobretudo em um mercado de trabalho cada vez mais seletivo. Além de cumprir com habilidade as funções para as quais foi contratada, para alcançar a posição de líder é preciso apresentar diferenciais que a destacarão na empresa.

Pensando nisso, preparamos oito dicas que ajudarão quem deseja se tornar um grande líder.

Inspire confiança

Para liderar, a pessoa precisa se apresentar como alguém que dá bons exemplos de conduta, agindo de maneira ética e incentivando os liderados a também agir com honestidade. Este posicionamento criará um clima saudável, que certamente afetará positivamente os resultados da empresa. Inspirar confiança em um mercado instável como o atual também exige que o líder passe tranquilidade para os funcionários, mantendo a moral da equipe elevada e a credibilidade sobre o negócio ao qual ela se dedica.

Saiba delegar

Um líder centralizador normalmente não conquista a adesão dos funcionários. Analisando as características de cada membro da equipe, delegue as funções de acordo com os talentos que forem percebidos. Além de ajudar a manter a equipe organizada e a eficiência das ações, com essa atitude você ainda ganhará mais liberdade para focar nas suas próprias competências.

Comunique-se bem

Liderar também é a arte de saber se comunicar. Descrever de maneira clara as tarefas, oferecer à equipe o feedback sobre a qualidade dos resultados que estão sendo obtidos, manter a atenção dos funcionários voltada para os valores que a empresa possui e sobre a forma como as atividades estão sendo cumpridas não só aproxima o líder dos liderados, criando um elo de compromisso entre todos, como também mantém vivo o empenho na execução das funções.

Mantenha o humor elevado

Um ambiente carregado em nada contribui para o bom desempenho da empresa e o líder é o responsável por detectar quando o humor está baixo e por agir para que ele se eleve. Um chefe mal-humorado, sisudo, jamais conquistará a simpatia dos funcionários e nunca conseguirá manter o bom clima no ambiente de trabalho. Aquele que age de maneira contrária, com atitude positiva diante dos fatos e capacidade para solucionar problemas, aconselhando os membros da equipe de forma tranquila e apaziguadora, é o sujeito que será visto como um líder e não como um chefe.

Comprometa-se

Sempre é preciso manter em mente que o grande líder é o exemplo da equipe. Por isso, ele deve ser o primeiro a se esforçar ao máximo para conseguir os resultados desejados, inspirando os funcionários no mesmo sentido.

Mantenha a criatividade e a intuição ativas

Nem todos os desafios permitem que um planejamento antecipado e cuidadoso seja feito, o que exige improviso e velocidade de respostas. Portanto, permitir que a intuição adquirida com experiências passadas oriente as decisões criativas certamente estabelecerá uma dose de ousadia saudável para quem se coloca na posição de líder. Afinal, é preciso assumir riscos, sempre orientado pela razão.

Estimule o pensamento

Nem todo mundo gosta de receber as soluções prontas ou de ser orientado o tempo todo sobre como deve agir. Portanto, da mesma forma que delegou poder, estimule a equipe a pensar e a tomar as próprias decisões.

Recompense

A expectativa de quem trabalha sempre vai além da remuneração que o salário oferece. Portanto, reconhecer os bons resultados e recompensá-los de maneira constante certamente estimulará a equipe a atuar com empenho. Mesmo os pequenos resultados merecem ser vistos e podem ser recompensados até com um simples elogio. Mas não fique só nisso. Afinal, os grandes resultados merecem compensações mais substanciais.

Você tem mais alguma dica para o grande líder? Deixe aqui o seu comentário!

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn