4 passos para fazer um plano de marketing para sua empresa

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

fazer um plano de marketing

O marketing é mais que um braço do departamento de vendas – é uma ferramenta estratégica utilizada para direcionar as ações de promoção, dar visibilidade e fortalecer a marca, melhorando os resultados do negócio.

Um plano de marketing nada mais é que um documento onde será estruturado o planejamento de todas essas ações – que devem estar pautadas em informações sobre o perfil do cliente e dos concorrentes, momento do mercado de atuação, orçamento, metas e objetivos – que podem ser o aumento das vendas, ampliação de carteira e fidelização de clientes, aumento do conhecimento da marca, lançamento de um novo produto, etc.

Confira o passo a passo de como fazer um plano de marketing para o seu negócio.

Planejamento

O primeiro passo é definir os objetivos e as metas que se deseja alcançar. Essa definição deve estar alinhada com o momento do mercado do produto e/ou serviço que será promovido. Nessa hora é importante fazer uma análise honesta do segmento, listar os pontos fortes e fracos do seu negócio, e definir o real montante disponível para investimento. Não adianta criar metas no escuro ou muito ousadas, baseadas apenas no otimismo. Além da frustração, ficará impossível avaliar com clareza quais ações funcionaram e trouxeram melhores resultados.

Também não é recomendado prever um recurso que é incerto, que pode ou não estar disponível – isso pode comprometer a sustentabilidade das ações. O planejamento sempre poderá ser revisto e, se houver mais dinheiro, é possível incorporá-lo sem prejudicar a saúde financeira do plano inicial.

Definição do público e conhecimento dos clientes

É preciso saber para quem se vai falar quando se envia uma mensagem. Conhecer seus clientes, saber suas preferências, hábitos de consumo e estilo de vida é imprescindível para construir uma mensagem assertiva e atraente. Não se esqueça que as demandas dos seus clientes podem mudar de tempos em tempos, por isso é preciso sempre rever se seu serviço e/ou produto está realmente atendendo às expectativas do seu público – isso permite corrigir rotas e incorporar ações que de fato atendam às necessidades do seu cliente.

Uma boa forma de conhecê-lo é criando personas – um cliente fictício que vai ajudá-lo a identificar com mais clareza as demandas do comprador e restringir a noção de público-alvo para algo mais segmentado. Você vai utilizar as informações de que dispõe sobre seu público para criar essa figura, que terá um nome, idade, objetivos de carreira, demandas e hábitos de compra bem definidos, representando o seu cliente padrão.

Conhecimento e análise da concorrência

Saiba quem são os outros players do seu segmento. Faça a eles as mesmas perguntas que você faz ao seu negócio – quais são seus diferenciais, pontos fortes e fracos, colocação no mercado, estratégias para chegar ao cliente? Observe e aprenda com os erros deles e conheça seus acertos. Essas informações vão ajudá-lo a buscar formas de tornar sua empresa mais competitiva.

Definição de cronograma

Coloque prazos para a execução das ações. Todo o seu planejamento deverá estar amarrado com uma visão clara do que vem primeiro e o que será feito em seguida. O cronograma é ferramenta indispensável, inclusive, para a mensuração de resultados – ele permite documentar quando a ação foi feita, por quanto tempo, quantas pessoas foram atingidas, quanto foi gasto – informações valiosas para avaliar os retornos e se os recursos foram aplicados de forma eficiente.

Esses são os principais pontos que você precisa saber para fazer um plano de marketing. Gostou das dicas? Conte pra gente!

BANNERs_blog_GENERICO735x123

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn