Como o contador pode ajudar os clientes a enfrentar a crise econômica

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

 

crise econômica como o contador pode ajudar

Bem mais do que o trabalho operacional, o papel do contador tem se transformado em atividade estratégica para a empresa, principalmente nas tomadas de decisões. Por conta da característica de gestor de informações em assuntos tão diferentes como contabilidade, legislação, vendas, recursos e até marketing, o contador ganhou o status justo de consultor. É nessa função que a tarefa de alertar o cliente sobre os percalços nos negócios toma grande importância, principalmente na hora de ajudá-los a enfrentar a crise econômica.

Para isso, é preciso preparar-se desde já. Confira nossas dicas de como o contador pode ajudar os clientes a enfrentar a crise econômica:

 

Análise do cenário econômico

As previsões para 2017 não são totalmente pessimistas. O Sebrae realizou uma pesquisa na qual aponta setores com maiores perspectivas de crescimento no cenário nacional até 2018. Entre eles está a pecuária (tanto de leite como de corte), dividindo a alta rentabilidade com açúcares para fazer frente ao etanol. Já para o setor de serviços, a previsão é de uma nova aceleração, apesar de lenta, pois os consumidores estão recuperando a confiança. A passos lentos está a indústria, que cresce. O comércio pega o embalo e terá um bom ritmo nas vendas (crescentes). Cabe ao contador estudar essas previsões e alertar seus clientes para que se planejem ou apostem em determinadas ações ou mercados.

Reforço nos números

Retração na economia representa menos oferta de crédito na praça. Para as empresas, isso significa menor acesso a empréstimos bancários e menor circulação de dinheiro no mercado. Internamente, é o momento de rever políticas de vendas, preços, processos de fabricação e outros para tentar frear a saída de recursos do caixa. Todas essas informações podem ser adquiridas pela contabilidade e o histórico de suas ações.

Evitar multas desnecessárias

Com as mudanças na economia, o governo acaba mudando as datas de pagamento de alguns tributos. Porém, essas datas variam e existem algumas peculiaridades que dependem do ramo de atividade da empresa. Para evitar pagar multas desnecessárias, o contador pode programar o pagamento de forma planejada e controlada.

Reforço no fluxo de caixa

Em períodos de turbulência na economia, as soluções podem estar dentro dos registros da própria empresa. Exemplo disso é o fluxo de caixa, ação que permite a empresa analisar em que estado anda sua movimentação financeira naquele período e verificar quais são as necessidades do capital de giro (principalmente em relação à inadimplência dos clientes). Com base nessas informações, o gestor pode tomar decisões sobre o planejamento comercial, novos posicionamentos, estratégias e demais posicionamentos sobre o negócio da empresa.

O papel do contador se faz ainda mais importante em um momento de crise econômica, pois é o seu trabalho que trará as bases que os clientes precisam para se apoiar para conseguir manter seus empreendimentos saudáveis — e atravessar de cabeça erguida o cenário de dificuldades.

 

Como seu escritório pretende auxiliar os clientes durante a crise? Tem dúvidas ou sugestões sobre o assunto? Deixe seu comentário abaixo e compartilhe-os conosco!

 

banner-sage-business

 

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Um pensamento sobre “Como o contador pode ajudar os clientes a enfrentar a crise econômica

  1. Pingback: Como o contador pode ajudar os clientes a enfrentar a crise econômica - Jornal Contábil