6 dicas para conciliar sua vida pessoal e de empreendedor

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

vida pessoal e de empreendedor

Um dos principais desafios de quem decide abrir um negócio é saber como conciliar a vida pessoal e de empreendedor.

Por demandar muita dedicação, o empreendedorismo pode prejudicar a vida particular, e não são raros os casos em que o trabalho se sobrepõe ao lado pessoal. Deixar isso acontecer é grave e pode não só minar a relação com família e amigos, como também atrapalhar o crescimento da empresa.

Para alcançar o sucesso, é preciso ter bons hábitos na vida pessoal e de empreendedor. Quer saber como? Acompanhe as 6 dicas que separamos para você!

1. Tenha um negócio inspirador

Se você entrou no universo do empreendedorismo apenas pelo dinheiro ou status, é melhor repensar. Conduzir uma empresa exige, além de força de vontade e capacitação, muita inspiração. Você deve atuar em algo que lhe inspire, e não em algo que o desanime.

Ter um negócio inspirador ajuda muito a continuar na empreitada, fazendo o seu melhor sem perder o controle ou a vontade de vencer.

2. Converse com a sua família

A família não pode ficar de fora da vida profissional. Isso não quer dizer que você deva envolvê-los em tudo, mas sim que eles precisam saber quais serão os seus sacrifícios para manter a empresa.

Dessa forma, converse bastante, explique que nem sempre você poderá estar a todo instante com eles, mas que fará o seu melhor. E mais do que isso: mostre que se sacrificar um pouco agora valerá a pena no futuro.

3. Sempre separe contas da empresa e pessoais

Muitos empreendedores misturam o dinheiro pessoal com o do negócio, principalmente no início. Esse é um dos piores erros: em um determinado momento, você pode desfalcar o orçamento doméstico ou o empresarial e, com isso, perder o controle financeiro.

Ter contas bancárias e cartões separados é uma das principais dicas de finanças para empreendedores. Separe uma parte dos rendimentos do negócio como se fosse um salário, o chamado pró-labore. Ele será o seu ganho pessoal. Com isso, tudo fica em seu devido lugar.

4. Delegue tarefas

Um empreendedor tem muitas coisas a fazer, mas é fundamental delegar tarefas a sócios, funcionários e parceiros. Além de ajudá-los a ser mais responsáveis e engajados, você ganha tempo para se dedicar a outras coisas, inclusive à família.

Conheça bem o seu time profissional e delegue tudo aquilo que pode ser feito por outra pessoa. Em vez de trabalhar operacionalmente, você passará a gerenciar o trabalho dos outros.

5. Controle os seus horários

É um engano pensar que empreendedores trabalham menos do que assalariados. Mas não é por isso que eles precisam dedicar todas as horas do dia para a empresa — Fazer isso, na realidade, indica falhas de processos e menor produtividade.

Estipule quanto tempo será dedicado ao negócio, à família e a você. Divida o dia, a semana e o mês de forma que você consiga fazer o máximo de coisas possível sem atropelar nada nem ninguém. Com essa organização, a sua rotina será mais saudável e produtiva.

6. Use e abuse da tecnologia

A tecnologia está aí para facilitar a vida. Você pode contar com diversas soluções para executar tarefas de forma rápida, fácil, segura e eficiente, o que traz benefícios para a empresa e para você. De aplicativos até redes sociais, são vários recursos tecnológicos que ajudam um negócio. Utilize todos que puder e ganhe mais equilíbrio entre vida pessoal e de empreendedor.

Quer superar outros obstáculos? Siga nossa página no Facebook para receber essas informações em primeira mão.

cta_op4_1

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn