Gerenciamento de crise: você está preparado?

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

gerenciamento de crise

Toda empresa está sujeita a passar por uma crise, que pode ser econômica, de relações públicas, interna, entre outras. Nessas situações, com a evolução dos meios de comunicação e a rapidez com que as informações se espalham, não é nada eficiente apostar na inércia. O gerenciamento de crise precisa ser o mais assertivo e transparente possível, acessando o problema diretamente em seu centro, com foco na solução.

Por mais que cada empresa tenha um histórico diferente e existam múltiplos tipos de crises pelas quais elas podem passar, algumas recomendações são universais para lidar com elas. São boas práticas para minimizar os danos e ter uma visão mais clara sobre o que está acontecendo.

Você está preparado para lidar com uma crise? Veja neste post os 5 passos que você precisa seguir:

1. Identificar a situação

Em qualquer tipo de crise, é necessário tomar uma atitude correta o quanto antes. Para que isso seja possível, a empresa deve identificar com exatidão o que ocorreu. É extremamente danoso se pronunciar de maneira errada sem ter todos os fatos em mãos. Conte com um departamento focado em crises e relações públicas para colher o máximo de dados possíveis para que um plano de gerenciamento de crise possa ser desenvolvido com competência.

2. Faça comunicações eficientes

Em uma época como a atual, em que a velocidade de uma informação ou opinião é bastante alta graças à internet e às redes sociais, todos os públicos estão mais críticos. Portanto, garanta que a sua comunicação seja transparente e eficiente, indo direto ao ponto e focando nas soluções que serão implementadas para reverter a crise. Evite usar meias-palavras e ocultar a verdade: a repercussão negativa pode piorar o cenário.

3. Acesse as causas do problema

Com a situação devidamente identificada, parta para a solução mais eficiente e completa para resolvê-la. Paralelamente, mantenha a sua audiência atualizada em relação aos desdobramentos, seguindo sempre a mesma postura transparente e direta recomendada no passo anterior. O seu gerenciamento de crise deve ser focado em resolver as questões por ordem de tamanho, sem deixar pontas soltas.

4. Monitore o processo

Para lidar com crises de maneira eficiente, é necessário acompanhar de perto os seus desdobramentos, para que seja possível responder a novas situações com propriedade e de modo direto. As redes sociais oferecem diversos mecanismos para ficar de olho no que é dito sobre uma empresa e podem te ajudar nesse passo. Use um serviço que monitore palavras-chave e foque primeiramente nas menções ao seu negócio para visualizar tudo em tempo real.

5. Antecipe as crises

Por mais que muitos queiram acreditar nisso, é impossível estar completamente imune a crises. O ideal é contar com os mecanismos adequados para lidar com elas antes mesmo de surgirem. Desenvolva planos de ação que sirvam como padrão em determinados casos, com possibilidade de serem adaptados para múltiplas situações. Aprenda com os acontecimentos passados para deixar sua estratégia cada vez mais eficiente.

Agora que você já sabe como lidar com uma crise, curta a nossa página no Facebook e receba outras dicas valiosas por lá!

BANNERs_blog_GENERICO735x123

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn