O que um bom contador faz pela sua empresa?

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Todo grande empreendedor precisa de um contador de confiança para prosperar em seus negócios. Esse profissional é fundamental na rotina de uma empresa, resolvendo vários problemas de gestão e antecipando outros que muitas vezes você nem imagina. Mas, afinal, o que um bom contador faz ou precisa fazer?

Para responder essa pergunta, vamos listar algumas tarefas que um bom contador é capaz de resolver na sua empresa:

1. Financiamentos

Para realizar um financiamento, um bom contador primeiramente vai avaliar o seu negócio e sugerir medidas para você projetar o fluxo de caixa, reduzir custos e verificar se há, em primeiro lugar, a necessidade de buscar recursos de terceiros.

Se não tiver outra saída a não ser o financiamento, ele precisará verificar como deixar as contas da empresa em dia e demonstrar que a sua empresa é boa pagadora para possibilitar um financiamento tranquilo no mercado. Ademais, essa é a principal exigência das instituições, não é verdade?

2. Empréstimos bancários

Assim como nos financiamentos, as instituições financeiras realizam uma análise de crédito para verificar se a sua empresa tem a possibilidade de honrar os pagamentos. E quem vai correr para comprovar essa exigência? O contador, é claro!

3. Enquadramento correto

Escolher o regime de tributação adequado para a sua empresa é um dos pontos mais importantes da sua estratégia financeira. Para saber o regime mais vantajoso, é necessário realizar um planejamento tributário que leva em conta a projeção de faturamento e também a definição das atividades na sua empresa por meio do código CNAE.

Qualquer deslize nisso pode acarretar em pagar muito mais impostos sobre o seu faturamento, reduzindo o lucro do empreendedor. Um bom contador conhece bem as leis e sabe como orientar o empresário a tomar uma decisão mais assertiva.

Você pode entender um pouco mais sobre o tema lendo nosso artigo sobre “Qual o melhor regime tributário para minha empresa: Lucro Presumido ou Simples Nacional?” para compreender a importância do enquadramento correto.

4. Escrituração Fiscal

Toda empresa possui obrigações principais e acessórias e elas precisam ser cumpridas. Não tem como fugir. E, no caso do Brasil, a quantidade de tributos e obrigações são bem elevadas. Há uma diversidade de declarações e compromissos que sua empresa precisa realizar para estar em dia com a Receita Federal.

Para que tudo isso seja entregue corretamente e dentro do prazo, você precisa de um contador extremamente disciplinado e profissional. É ele quem vai fazer, muitas vezes sem você perceber, o trabalho permanente para a sua empresa funcionar como um relógio.

E é justamente a atenção dada nesse item que vai levar ao próximo:

5. Prevenção de Multas

Um bom contador sabe os prazos de vencimentos estipulados pela lei para as principais obrigações da sua empresa. É ele quem vai apresentar as informações e as guias para você se prevenir de multas, juros e demais encargos.

É nesse momento que você precisa escutar os conselhos dele com sabedoria e ser altamente firme com os colaboradores para adotar práticas que não permitirão prejuízos por irregularidades e negligência. Aliás, um bom contador também vai ajudar a eliminar o risco de você cair na malha fina do Leão.

Mesmo que você tenha entregue seu Imposto de Renda faz tempo, se houver necessidade de retificação, o profissional da área contábil bem preparado vai conseguir dar a assistência à correção dos dados.

6. Cálculos relativo aos funcionários

O profissional de contabilidade também é muito necessário para atuar em conjunto de departamento de recursos humanos. Isso porque ele ajuda no cálculo da Folha de Pagamentos para assegurar o cumprimento de dos direitos trabalhistas, cuidando da validação dos encargos, horas-extras, adicional noturno, adicional de periculosidade, comissões, férias, 13º salário, etc.

Além disso, ele é muito importante nas contratações e admissões, munindo o empresário ou gestor de RH de informações fundamentais para evitar infrações. Inclusive, um bom contador também está a par dos acordos de convenção coletiva entre os trabalhadores e sindicatos patronais.

Quando qualquer alteração acontece, como novos valores de salário-base, benefícios ou regras da jornada de trabalho, é o contador quem vai orientar sobre os ajustes, evitando processos trabalhistas.

Contador é investimento

Assim como em qualquer profissão, certamente nem todos os contadores estão capacitados no mesmo nível para entender, interpretar e orientar seus clientes. Você precisa tratar um contador como um investimento e não como um gasto.

Um bom contador deve ter qualidades como pró-atividade para identificar soluções legais que permitam reduzir custos fiscais e gerenciais da sua empresa. Ele deve ser capaz de ajudar no planejamento fiscal e estar se atualizando constantemente sobre a legislação brasileira.

Conhecer sobre administração, marketing e informática também são conhecimentos multidisciplinares que contam bastante, sobretudo agora que os softwares e soluções contábeis online estão cada vez mais presentes nas empresas visando automatizar o dia a dia.

Você conhece o sistema de gestão contábil da Sage? Ele integra módulos Fiscal, Patrimonial,  de Contabilidade e de Folha de Pagamento para que sua empresa eleve a produtividade ao gerenciar seus processos de forma mais eficiente, reduzindo custo e entregando mais resultado operacional.

LEIA MAIS:

ctas_sage7

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn