5 sugestões para diferenciação do seu e-commerce

O e-commerce brasileiro tem crescido ano após ano, de forma que muitos empreendedores têm visto uma oportunidade no comércio digital. Em comparação a outros tipos de negócio, criar uma loja virtual exige investimentos menores e é uma opção mais prática. Por isso, o e-commerce no Brasil já beira um milhão de lojas!

De acordo com uma pesquisa das empresas BigData Corp e PayPal Brasil, nosso país já conta com 930 mil lojas virtuais. Esse número representa um crescimento de 37% entre os anos de 2018 e 2019.

Dessa forma, como se destacar entre tantos e-commerces existentes? Neste post, vamos trazer algumas sugestões para que você possa focar na diferenciação da sua marca quando for vender online. Vamos lá?

1. Foque em nichos específicos

Quando você pensa na diferenciação do seu e-commerce, um ponto importante para considerar é o tipo de público que você pretende atingir. Quanto mais nichado for seu negócio, menor o número de concorrentes.

Portanto, busque soluções que atendam às necessidades específicas do seu público. Por exemplo, se você vende produtos para pets, pode tentar solucionar o problema de donos que não gostam de alimentar seus bichinhos com comidas processadas e criar uma espécie de marmita para os animais de estimação.

Aqui, a ideia é que você se diferencie sendo inovador. Com seus produtos, você deve tentar resolver dores, antes da concorrência, que o público ainda não conseguiu. Dessa forma, você consegue se destacar pelo pioneirismo.

2. Defina a estratégia de precificação

Quando você vai precificar suas mercadorias, precisa considerar como isso vai impactar sua marca. É claro que existem vários fatores que você precisa levar em consideração na hora de definir os preços, mas você deve estar atento a como isso vai te posicionar no mercado.

Depois de analisar como a definição de cada preço vai influenciar financeiramente seu negócio, procure identificar como isso vai impactar a estratégia da sua marca. Os valores que você pensa em estabelecer para os produtos são condizentes com seu público?

Por exemplo, não adianta você definir preços altos para produtos premium se uma das suas personas tiver renda mais baixa. Da mesma forma, se você estabelecer quantias muito mais baixas pensando em atrair mais gente, pode acabar transmitindo uma ideia de que os produtos são mais baratos porque têm uma qualidade inferior.

Definir preços mais altos ou mais baixos é uma forma de estabelecer a diferenciação do seu e-commerce. Todavia, você precisa ter consciência de como isso pode afetar seus negócios!

3. Promova o atendimento com excelência

Outra forma de se diferenciar é por meio do atendimento ao cliente. Você pode focar em se tornar referência ao acolher e responder às dúvidas dos consumidores. Isso porque um bom atendimento colabora muito para que a experiência de compra seja positiva.

Você pode ter um canal de contato com os clientes por meio do WhatsApp, do e-mail, de um chat no seu site, pelas redes sociais ou por telefone. É importante identificar quais as características do seu público, para que os canais de atendimento sejam pertinentes a cada um dos perfis dos seus clientes.

Além disso, busque ser solícito e empático com os consumidores. Esteja atento às necessidades deles, principalmente quando eles estiverem com algum problema relacionado ao seu e-commerce. Se você conseguir trazer boas soluções, causará um impacto positivo!

Se decidir focar no atendimento como um diferencial e vir necessidade, você pode contratar e treinar pessoas que respondam aos seus clientes. Assim, você garante que esse fator da sua empresa será uma prioridade!

4. Observe a concorrência

Uma forma para poder decidir as formas de diferenciação da sua loja virtual é observar outras empresas do seu ramo. Essa análise da concorrência vai te ajudar a identificar pontos em que você pode ser superior a eles.

Navegue por e-commerces de competidores e observe suas redes sociais. Além de observar características dos produtos e da própria loja, você pode prestar atenção aos comentários e reações de clientes deles.

A partir daí, você terá uma base para saber em que aspectos você pode focar no seu negócio para ser melhor que a concorrência. Além disso, também é importante saber quais os pontos fortes das outras empresas do seu ramo, para que você saiba o que esperar do cenário externo.

5. Comunique seus diferenciais

Um ponto muito importante para que a imagem da sua loja virtual se consolide juntamente com os diferenciais que você estabelecer na sua estratégia é contar quais são eles ao seu público. Portanto, toda a comunicação da sua marca deve levar em conta esse posicionamento.

Seja em conteúdos informativos, nos e-mails marketing ou em anúncios na internet, a mensagem que você quer passar sobre seus diferenciais precisa estar presente. Isso não significa que você deva, por exemplo, dizer com todas as letras quais são eles em todas as suas mensagens.

Imagine, por exemplo, que uma marca resolveu se diferenciar oferecendo produtos mais caros que a concorrência, porém com uma qualidade elevada das mercadorias e um atendimento premium. Quando for fazer a estratégia de comunicação, essa empresa precisa levar isso em conta. Então, criar banners para anúncios no Instagram divulgando preços baixos, por exemplo, pode não ser uma forma de promover seus produtos condizente com seus diferenciais.

A diferenciação é muito importante em um cenário tão competitivo como o do e-commerce no Brasil. De toda forma, ainda há muito espaço para crescimento e, se a estratégia da sua loja virtual for pensada com cuidado, é possível se destacar!