7 coisas que você precisa saber antes de começar um negócio

coisas-que-voce-precisa-saber-antes-de-comecar-um-negocio

O que você precisa saber antes de abrir um negócio? Todo mundo que já teve vontade de abrir a sua própria empresa certamente já se fez essa pergunta. Embora as respostas variem de área para área, há alguns conselhos gerais que podem ser seguidos por todos.

Abrir um negócio não é algo de outro mundo: essa é uma opção acessível para todos. Porém, é preciso se cercar de alguns cuidados para que o seu investimento traga resultados. Listamos aqui alguns aspectos que você precisa saber antes de iniciar o seu empreendimento.

1. Tudo começa pelo planejamento

Traçar metas e desenvolver meios para alcançá-las. Esse deve ser o primeiro passo para qualquer um que queira iniciar um negócio. Saiba onde você quer chegar, mas liste também os meios que você vai utilizar para fazer isso.

Esse é o momento também de fazer uma autoanálise sobre as suas vocações. “No que eu sou bom?”, “Em quais atividades eu tenho facilidade?” Utilize as respostas para moldar a sua forma de trabalho – e buscar auxílio naquelas áreas que você não domina.

2. Prepare-se o quanto puder

Conhecimento nunca é demais. Fazer cursos, participar de palestras e conversar com outros empreendedores ajuda bastante a desenvolver um negócio em fase inicial. Outras pessoas podem ter passado por experiências das quais você pode tirar lições.

Portanto, ative a sua rede de contatos e converse com colegas que possam dar uma visão mais realista do mercado. Depois de se certificar que esse é o caminho, busque cursos especializados para aprofundar seus conhecimentos.

3. Conheça seus futuros clientes

A partir do momento que você sabe o tipo de empresa que terá, já dá para ter uma ideia do perfil do seu público-alvo. Você venderá para as classes A e B ou para as classes D e E? Ambas requerem abordagens completamente diferentes.

Lembre-se que antes de tudo os produtos e serviços que você oferecerá devem resolver problemas das pessoas – e elas precisam estar dispostas a pagar por isso. Avalie se há concorrentes oferecendo algo parecido e entenda o que você pode fazer para conquistar esses consumidores.

4. A importância do atendimento ao cliente

O bom atendimento é hoje um diferencial significativo em qualquer tipo de negócio. Não se trata apenas de vender, mas sim de buscar meios de ajudar o cliente, chamando-o pelo nome e mantendo contato antes, durante e depois de uma venda.

Defina de que maneira você fará as suas vendas – online ou pessoalmente – e a partir disso desenvolva diferenciais para o seu negócio. Tente responder à seguinte pergunta: “por quais motivos um cliente compraria com você e não com o seu concorrente?”

5. Formalização e registro do negócio

É parte do planejamento saber como formalizar a sua empresa assim que for necessário. Não deixe para buscar essas informações depois. Você não precisa registrar a empresa antes de tudo, mas é importante que saiba como fazê-lo se necessário.

Um bom lugar para obter informações é o

Portal do Empreendedor. Como Microempreendedor Individual (MEI), por exemplo, a formalização é rápida e há pouca burocracia. É interessante saber quais documentos você vai precisar e os prazos e custos dos processos.

Aqui no blog da Sage você encontra também muitas informações sobre formas de tributação e passos iniciais para abrir um negócio.

6. Quanto investir?

Pensar no desenvolvimento financeiro de uma empresa também é parte importante do processo. É preciso analisar qual será o investimento inicial, qual será o capital de giro disponível e como fazer o fluxo de caixa.

Investimento inicial

Aqui você precisa considerar todos os itens que precisará comprar ou alugar para que o negócio possa funcionar. Isso inclui, por exemplo:

  • Compra de matéria-prima
  • Aluguel do ponto comercial, se necessário
  • Estoque
  • Computadores
  • Móveis

Capital de giro

O capital de giro é um dos pontos mais negligenciados na abertura de pequenos negócios, é fundamental para o sucesso da empresa. Ele refere-se ao dinheiro que estará disponível em caixa, depois dos investimentos iniciais, para as despesas eventuais. Como acontece em qualquer negócio, nos primeiros meses seu faturamento será menor e pode ser preciso cobrir os valores que faltarem. É o seu capital de giro que permite que a empresa continue operando mesmo que seu faturamento seja menor do que as despesas.

Fluxo de caixa

Fluxo de caixa nada mais é do que o controle efetivo das receitas e das despesas que a sua empresa tem. É fundamental que você saiba exatamente quanto ganha e quanto gasta, de forma que consiga compreender o funcionamento da sua empresa. Desde o início é importante que você crie o hábito de anotar tudo em planilhas, caso contrário perderá o controle sobre as finanças.

7. Divulgação: mostre seu trabalho para o mundo

Por melhor que seja o seu trabalho se você não contar ao mundo que ele existe as pessoas não ficarão sabendo. Por isso, pensar em aspectos de divulgação é igualmente importante para obter bons resultados. Um site próprio e redes sociais são bons caminhos.

O marketing digital é uma das melhores formas de atrair clientes, especialmente para empresas que estão começando. Isso porque os valores de investimento são menores e muitas das tarefas podem ser executadas por você mesmo, como postagens nas redes sociais Instagram e Facebook.

…..

Transformar sonhos em realidade é o que nos mantém motivados a buscar sempre o melhor a cada dia. Quando se trata de abrir um negócio, razões não faltam para incentivá-lo. Há muita informação disponível na internet  aqui mesmo, em nosso blog, que pode ser de grande valia para que os seus primeiros passos sejam seguros.

Fique atento aos conselhos acima, procurando extrair o melhor de cada um deles, e aplique esses conceitos ao projeto da sua empresa. É questão de tempo até que você consiga ajeitar as coisas e finalmente possa tirar do papel o sonho de ter o seu próprio negócio.

LEIA MAIS:

Emissão-de-Nota-Fiscal-Eletrônica

Compartilhe: