Como o design muda a realidade das pequenas empresas

O design de uma empresa possui tanta importância quanto a sua gestão ou qualidade de seus serviços. Veja algumas dicas sobre design de pequenas empresas.

Apesar de ser um dos aspectos fundamentais em qualquer negócio, grande parte dos empreendedores ainda não sabe exatamente a que se refere o design de uma empresa. O termo acaba gerando uma série de ideias vagas associadas a roupas, móveis, objetos de decoração de ambientes e acessórios de moda.

Porém o design de uma empresa possui tanta importância quanto a sua gestão ou qualidade de seus serviços. Pois ele tem poder para:

  • Gerar receita aumentando as vendas;
  • Reduzir custos;
  • Atrair novos clientes ou investidores;
  • Afirmar o conceito da marca diante de seu público-alvo;
  • Aumentar a competitividade do negócio entre seus concorrentes;
  • Gerar portfólio para a empresa, ao desenvolver novos produtos que se adaptam ao mercado atual;
  • Agregar mais valor à marca.

Felizmente, há um crescente número de empreendedores que entendem que o design de sua empresa não representa apenas a aparência de seus produtos ou o logotipo da marca, mas sim todo o conceito de identidade visual do negócio.

Apenas em 2015, de aproximadamente 115 mil atendimentos realizados pelo programa Sebraetec (iniciativa focada em inovação para pequenas empresas, com cerca de 50% de subsídios), quase 24 mil tiveram foco total em design empresarial, ou seja, cerca de 20% do total das empresas atendidas pelo programa.

O atendimento ajudou milhares de empreendedores a otimizar o potencial de alcance de suas marcas, aumentando a qualidade visual de seus produtos e melhorando a produtividade, pois apresentou o verdadeiro conceito do design e identidade visual mostrando que ele está presente em suas mídias sociais, na organização de seu ambiente de trabalho, em seus pontos de venda e muito mais.

Como o design pode mudar a realidade de uma pequena empresa?

Como dissemos anteriormente, o design não está associado apenas à criação de logotipos e embalagens de produtos. Ele pode ser envolvido em diversas etapas do processo de produção de uma empresa, desde o desenvolvimento de produtos, passando pela apresentação da marca ao mercado e até a produtividade dos colaboradores.

Software de gestão empresarial

Saiba como o design atua mediante cada setor da empresa:

Design no desenvolvimento de produtos

Baseando-se no profundo conhecimento e psicologia do consumidor e tendências de mercado, o design está associado à criação e ao desenvolvimento de produtos, objetos e ferramentas que visam atender às necessidades humanas.

O processo criativo sempre considera os seguintes aspectos:

  • Styling;
  • Identidade visual;
  • Funcionalidade;
  • Originalidade;
  • Ergonomia.

Um exemplo é o Canva. uma plataforma online de design gráfico que funciona por meio de um simples sistema de arrastar-e-soltar. Conta com mais de um milhão de vetores, elementos gráficos e fontes disponíveis, com os quais é possível criar documentos, gráficos, animações e editar imagens seja na web, iPhone ou iPad.

Design na elaboração de ambientes

Envolve todo o processo de planejamento e execução necessário para se criar ambientes produtivos, visualmente agradáveis, espaçosos e seguros, sejam eles:

  • Casas;
  • Escritórios;
  • Consultórios;
  • Ambientes de trabalho;
  • Espaços públicos;
  • Entre outros.

Além disso, o design também trabalha o layout de áreas menores e mais específicas como vitrines de estabelecimentos comerciais, feiras e eventos e pontos de vendas.

Design em atividades operacionais

Quando se trata das atividades operacionais de uma empresa, o design pode otimizar:

  • A organização da equipe de produção;
  • Toda a infraestrutura;
  • Os meios de comunicação entre departamentos;
  • Os meios de comunicação entre a empresa e seus consumidores (mídias sociais, blog, site, e-commerce etc.).

Design na comunicação da empresa com o público

Está associado ao desenvolvimento de:

  • Logotipos;
  • Embalagens de produtos;
  • Desenvolvimento de peças visuais de campanhas publicitárias;
  • Slogans;
  • E-mails marketing;
  • Diagramação de e-books.

Além de tudo isso, ele está presente nos mais avançados conceitos da identidade visual de uma empresa.

Você acredita que o design de um negócio tem poder para mudar a realidade de uma pequena empresa? Compartilhe sua opinião conosco deixando um comentário!

Comentários
Compartilhe:

Um pensamento sobre “Como o design muda a realidade das pequenas empresas

  1. Pingback: Investidor-Anjo: o que é, quem pode investir e o que muda? - Sage Empreendedor