Saiba como turbinar as vendas de final de ano

Siga esses conselhos e garanta um mês de dezembro com maior volume de vendas na sua empresa para fechar o ano com chave de ouro.

como-turbinar-as-vendas-de-final-de-ano

A chegada do final do ano é um alívio para muitas empresas, pois nesse período, muitos negócios costumam faturar mais. A chegada do período de férias, as festas de final de ano e mesmo a injeção do décimo terceiro salário na economia são motivos para que os consumidores se mostrem mais dispostos a comprar.

Então, vale a pena ficar ligado em algumas dicas para aumentar as vendas no fim do ano. Neste artigo, reunimos alguns conselhos importantes para que você possa colocar a casa em ordem, aproveitando os últimos dias do ano para potencializar as suas vendas.

Esse é o momento não apenas de aumentar o volume, mas também o valor do ticket médio de cada compra. Essas vendas extras podem fazer a diferença no seu caixa do mês de janeiro, mês em que naturalmente o consumo cai para a maioria das empresas.

1. Facilite o pagamento

Um dos fatores decisórios na compra, independentemente do produto em questão, é o valor dele. Com raras exceções, em geral os consumidores buscam sempre as melhores alternativas ou que apresentem uma boa relação custo-benefício. Sendo assim, é preciso que o lojista saiba trabalhar com as múltiplas possibilidades de pagamento existentes.

Um desconto para o cliente que paga à vista e em dinheiro é sempre bem-vindo. Se a opção for pelo pagamento no crédito, forneça ao consumidor meios para que ele possa parcelar a compra. Em todas as opções, é claro, você deve considerar as margens de lucro e os juros de acordo com o período em questão. O que não pode ocorrer é você dificultar a venda por não conseguir oferecer condições de pagamento flexíveis.

2. Seu atendimento deve ser impecável

Há muitos consumidores que passam o ano todo poupando o dinheiro e, no final do ano, passam pelas lojas para fazer as suas compras. Esses clientes costumam ser mais conscientes e também mais exigentes. Para eles – assim como para os demais – você deve direcionar um atendimento especial e isso você só vai conseguir se houver treinamento.

Os vendedores da sua loja devem estar preparados para responder as dúvidas dos clientes bem como para indicar as melhores opções entre um produto e outro. Mesmo aqueles vendedores contratados em caráter temporário precisam receber instruções suficientes a ponto de não comprometerem o seu atendimento.

3. Faça um planejamento do estoque

Levando em consideração quanto você vendeu de um produto no mesmo período do ano anterior ou nos últimos meses, é possível fazer uma estimativa de vendas para o último mês de ano. Pensando nisso, esse é o momento de ser proativo com os seus fornecedores e tentar buscar um desconto pela compra de um volume maior de mercadoria.

Obviamente, isso deve ser feito com bastante cautela, pois a última coisa que você quer são produtos estocados na sua loja – o que significa capital parado. Porém, em muitas circunstâncias, torna-se evidente que haverá aumento nas vendas de um determinado item e essa característica pode e deve ser usada a seu favor na hora da negociação.

4. Fique de olho nos prazos de entrega

Aqueles que fazem compras no final do ano muitas vezes têm um objetivo claro em mente: dar presentes para os amigos e familiares. Se você gerencia algum tipo de negócio cujas vendas são online, saiba que é de suma importância ficar atento ao calendário para que os produtos cheguem antes do Natal.

Leve em consideração ainda que esse costuma ser um período bastante tumultuado para os Correios, pois o número de encomendas sobe consideravelmente. Sendo assim, tenha em mente alternativas imediatas em transportadoras para que você possa suprir as necessidades dos seus clientes. Não deixe eles na mão no momento em que mais precisam. Mesmo que a “culpa” pelo atraso não seja sua, é com a sua loja que eles reclamarão.

5. Marketing e promoções

O período de final de ano é um dos momentos onde mais ocorrem as chamadas compras por impulso. Por estarem com dinheiro em mãos, os consumidores se sentem tentados a cada vez que veem uma oferta. Portanto, a sua mensagem precisa chegar aos clientes, de preferência mostrando as suas ofertas e as suas vantagens.

Juntamente com a sua equipe de marketing e propaganda, prepare algumas promoções especiais para o final de ano e divulgue-as em suas redes sociais. Algumas empresas optam pela estratégia de criar chamarizes – produtos vendidos quase a preço de custo, mas que estimulam o cliente a comprar alguma coisa a mais. Em alguns casos, reduzir o valor do produto pensando no ganho em volume é uma ótima pedida.

a) Prepare a sua loja virtual

As lojas virtuais costumam receber um número maior de acessos durante o período de Natal. Por essa razão, é preciso deixar tudo preparado para que ela seja capaz de suportar um volume maior de acessos. Avise o seu provedor e deixe uma banda maior pré-contratada, se necessário.

Esse é um momento também em que aumenta o número de clientes que buscam informações sobre produtos e serviços. Deixe canais de atendimento sempre abertos e sob a responsabilidade de colaboradores treinados para atendê-los da melhor maneira possível. Um ótimo atendimento muitas vezes é capaz de converter uma simples dúvida em uma venda.

b) Aposte no e-mail marketing

O e-mail marketing continua sendo uma das melhores ferramentas para atração de clientes. Se você tem uma base sólida de usuários cadastrados, oferte a eles produtos interessantes com preços mais acessíveis. Você pode usar cupons específicos para verificar o impacto desses disparos.

Lembre-se ainda que nesta época do ano, muitas empresas recorrem a essa ferramenta e as caixas de e-mail dos usuários podem ficar abarrotadas. Destaque-se utilizando títulos objetivos e de impacto, com frequência de envios moderada e com ofertas que apresentem descontos significativos.

c) Soluções de remarketing funcionam

Quando você acessa um site e, mesmo depois de sair dele, vê em outras páginas anúncios de produtos que visualizou, isso se chama remarketing. A estratégia consiste em “tagear” um determinado consumidor e acompanhá-lo por um determinado período.

Como no final de ano as chances de que alguém esteja pesquisando preços para uma compra antes do Natal aumenta, as estratégias de remarketing costumam se mostrar muito eficientes. Converse com a sua equipe de marketing e inclua o Google AdWords na sua estratégia. Para lojas online, essa é uma ferramenta que traz ótimos resultados.

d) Anúncios patrocinados em redes sociais

Outra estratégia interessante para esta época do ano é a de veicular anúncios patrocinados em redes sociais. Serviços como Facebook, Instagram e Twitter reúnem praticamente todos os consumidores brasileiros e permitem ainda a segmentação por perfil.

É importante lembrar que a linguagem utilizada no anúncio deve ser a mesma adotada pelos seus consumidores nas redes sociais. Se o seu público requer um tom mais formal na comunicação, siga essa linha. Novamente, converse com especialistas em marketing digital para chegar a uma conclusão de quais caminhos são melhores para seguir.

e) Descontos para as próximas compras

A fidelidade dos seus consumidores deve ser recompensada – e nada melhor do que oferecer a eles um incentivo para que voltem sempre. É cada vez maior o número de lojas que oferece cupons de desconto válidos para a compra seguinte. Esse pode ser um fator decisivo para um cliente decidir comprar novamente.

Mais do que brigar para atrair um número cada vez maior de pessoas, é preciso também manter por perto aqueles que já confiam no seu trabalho. Ao propor valores diferenciados para quem já é cliente, seus consumidores se sentirão especiais.

Essa também é uma oportunidade de aumentar as vendas do mês de janeiro, em que tradicionalmente o volume é menor. Para não perder o cupom, muitos consumidores optam por comprar mais itens e aproveitar a promoção em questão.

…..

As estratégias e os exemplos que citamos acima são apenas alguns entre os muitos aos quais você pode recorrer nesta época do ano. Começando pela Black Friday, no final de novembro, o mês de dezembro deve ser intenso na busca por novos clientes – muitos consumidores fazem compras para valer apenas nesta época do ano.

A disputa, é claro, será sempre acirrada, mas com organização, planejamento e dedicação é possível fechar o mês de dezembro acima da meta de vendas e garantir uma margem para os meses seguintes.

Chegou a hora de fazer acontecer. Boas vendas!

LEIA MAIS: 

Emissão-de-Nota-Fiscal-Eletrônica

Compartilhe: