5 desafios que novas empresas precisam enfrentar para ter sucesso

“Matar um leão por dia”. Essa expressão não foi cunhada para se referir a quem está iniciando um novo negócio, mas cabe como uma luva. Os desafios para que uma nova empresa tenha sucesso são muitos e, por mais que você seja um empreendedor experiente, a cada dia uma novidade surge diante dos seus olhos e você precisa agir.

Nem sempre, entretanto, temos o conhecimento necessário para colocar em prática tudo aquilo que desejamos. Alguns problemas que pareciam distantes na hora do projeto não mais do que de repente passam a fazer parte da rotina. E agora, o que fazer? Essa pergunta é muito comum e, se serve de consolo, não há empreendedor que não encontre dificuldades no início.

Algumas delas são até bastante comuns e é bem provável que se você está começando vai ter que enfrentá-las. Listamos aqui, cinco desafios que as novas empresas precisam enfrentar para ter sucesso:

1. Redução de custos

Esse é um item essencial para qualquer gestor de empresa. Produzir mais, gastando menos e mantendo o mesmo padrão de qualidade. Encontrar o ponto de equilíbrio nesse quesito é o primeiro passo para garantir a estabilidade da sua empresa. E, convenhamos, abrir mão de qualidade em prol de custos mais baixos nem sempre se revela uma boa ideia.

O segredo, nesse caso, é ficar atento à forma como os seus produtos são precificados. É de suma importância levar em consideração todos os fatores que podem alterar a sua composição. Além disso, em algumas circunstâncias, talvez ter o preço mais baixo do mercado não seja uma boa ideia. É preciso estabelecer um parâmetro perante os seus concorrentes e agregar valor à sua marca.

A ideia é que o cliente esteja com você não apenas porque o seu preço é o mais baixo de todos, mas sim porque a qualidade do seu trabalho justifica a manutenção do contrato. Assim, se esforce para reduzir os custos operacionais, mas não a ponto de comprometer o resultado final. Se isso acontecer é sinal que você está cortando no lugar errado.

2. Gestão de processos: uma peça-chave

A diferença entre uma empresa bem-sucedida e uma empresa malsucedida muitas vezes não está na qualidade do produto, mas sim em como ele é feito. Empresas de sucesso desde o princípio conseguem encontrar formas mais baratas e mais rápidas de se chegar a um determinado resultado.

Essa busca incessante por otimização de processos deve estar presente no seu dia a dia. Depois de atingir um certo nível de equilíbrio e maturidade, sua busca deve ser por permitir que todos os colaboradores cheguem próximos ao nível de excelência esperado. Fuja da mentalidade de ter uma empresa com muitos funcionários ganhando pouco e fazendo um trabalho razoável.

Prefira investir em colaboradores que ganham um pouco mais, mas que conseguem trazer mais retorno para o seu negócio. Quando todos os processos dentro da empresa estão documentados e se tornam claros, as equipes passam a render muito mais.

3. Expandindo a sua marca

Vai chegar um determinado momento que a curva de crescimento da sua empresa vai começar a ficar menos inclinada – o que não significa que ela esteja em declínio ou em níveis mais baixos. Entretanto, ficará cada vez mais difícil dar saltos de crescimento significativos entre um ano fiscal e outro.

Nesse momento, pode ter chegado a hora de você expandir o seu negócio e um dos modelos mais utilizados na atualidade é o sistema de franquias. Para isso, é preciso que os seus processos estejam consolidados e que você conte com pessoas capacitadas para transformar a sua experiência em um modelo de negócios a ser seguido por outros empreendedores.

Contudo, essa é a forma mais inteligente – e mais rápida – de expandir o seu horizonte de forma rápida não apenas dentro de uma cidade, mas em um estado ou país. Dica: dê preferência às áreas mais próximas primeiro, pois pode ser mais fácil de gerenciar o negócio.

4. Indo além do Brasil

Certas regiões do país têm como benefício o fato de estarem próximas a grandes centros exportadores, como infraestruturas aeroportuárias e portuárias. Além disso, uma série de acordos do Brasil com países do Mercosul, países do BRICs e União Europeia tem tornado um pouco mais fácil a vida dos exportadores.

Se o mercado brasileiro ficou pequeno para você, é hora de começar a voltar os olhos para o exterior. A página do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços oferece cartilhas e informações detalhadas para pequenas e médias empresas que queiram se tornar exportadoras. Embora o processo seja repleto de detalhes, nos últimos anos ele foi consideravelmente simplificado.

Talvez seja a hora de entrar em contato com representantes no exterior para começar a vender os seus produtos lá fora. Há muitos incentivos tarifários para quem opta por esse caminho, resta saber se a sua empresa tem condições de competir em pé de igualdade, especialmente em termos de preço ao consumidor final, com os concorrentes internacionais.

5. Saber a hora de insistir ou de fazer apostas

O mundo dos negócios é extremamente dinâmico e aquilo que funciona hoje pode não ser a melhor das alternativas daqui dois anos. Dependendo da área que você atua, é preciso ficar atento aos produtos que surgem como ondas ou àqueles que entram no mercado em definitivo.

No caso dos primeiros você precisa ser ágil o suficiente para se colocar diante do consumidor com uma boa oferta, característica na qual as pequenas empresas levam mais vantagem pois costumam ter gestões mais flexíveis. Já no segundo caso, as empresas maiores se destacam, pois pode haver necessidade de investimento e elas costumam ter mais capital disponível.

Ambos os caminhos devem ser analisados com muita cautela. Muitas vezes, é melhor mudar o foco do seu negócio e abraçar a evolução do que insistir em um sistema datado, que ainda funciona, mas que em breve vai cair em desuso. Saber fazer essas transições é essencial para se manter sempre à frente da concorrência.

LEIA MAIS:

O Sage Start é um sistema de gestão empresarial completo para você controlar as finanças, estoque, vendas, pontos de venda e ainda emitir notas fiscais eletrônicas. O melhor de tudo é que você pode testar gratuitamente por 7 dias!

Software de gest„o empresarial

Compartilhe: