O que é liquidez?

Liquidez

Em contabilidade, referimo-nos a liquidez como a facilidade com a qual um ativo pode ser convertido em caixa. Por exemplo, se uma empresa possui um imóvel e um automóvel, ambos do mesmo valor, e é mais fácil e mais rápido vender o veículo do que a sala comercial, então podemos dizer que o automóvel tem maior liquidez.

No entanto, não é apenas a facilidade de conversão em dinheiro que deve ser analisada nessa equação. Para que um item tenha boa liquidez, é preciso que o valor de venda seja o mais próximo possível do valor original. Você pode até conseguir vender o imóvel mais depressa que o veículo se reduzir o seu preço pela metade, mas essa perda de valor não é um indicador de boa liquidez.

Ao concluir um balanço contábil, os ativos estão dispostos em ordem decrescente de grau de liquidez. É importante observar esse aspecto, pois quanto maior for a liquidez, menores são as chances de uma empresa declarar falência ou insolvência – e isso é levado em consideração na hora de fazer uma análise de crédito.

Em resumo: quanto mais fácil for transformar um ativo em dinheiro vivo, levando-se em consideração a menor perda de valor possível, maior é a liquidez.

Compartilhe: