O que é Matriz BCG?

Matriz BCG

A matriz BCG é uma forma gráfica de representar a análise de portfólio de uma empresa por meio da avaliação do ciclo de vida dos produtos que a companhia possui. Ela foi criada por Bruce Henderson, na década de 70, para a consultoria empresarial norte-americana Boston Consulting Group.

Hoje, a matriz BCG tornou-se uma das formas mais comuns de representação de posicionamento de produtos em grandes empresas.

Sua representação é feita da seguinte forma: ela é dividida em quatro quadrantes. O eixo X corresponde à participação relativa de mercado, que pode ser alta ou baixa; o eixo Y corresponde ao crescimento do mercado, que pode ser alto ou baixo.

A ideia é agrupar os produtos dentro da matriz de forma que suas características principais representem em qual quadrante se encaixam. Os quadrantes são popularmente conhecidos como “estrela”, “vaca leiteira”, “em questionamento” e “abacaxi”.

  • Estrela: quadrante que indica os produtos com alta participação de mercado e altas taxas de crescimento. É o carro-chefe da empresa e o item que requer maior atenção para que não se torne uma vaca leiteira.
  • Vaca leiteira: são os produtos com taxa de crescimento regular e que concorrem em mercados já estabelecidos. São os itens considerados “de base” e que requerem pouco investimento. Geralmente estão consolidados e geram bons lucros para a companhia.
  • Em questionamento: representados por um ponto de interrogação, os itens deste quadrante pertencem a mercados com altas taxas de crescimento, porém exigem grandes investimentos e o retorno é baixo. Podem se tornar estrelas no futuro, como também podem virar abacaxis.
  • Abacaxi: neste quadrante são posicionados os produtos com baixa participação de mercado e sem perspectivas de crescimento. Quando possível, a empresa deve evitar ou descartar esses produtos, pois eles podem ser onerosos para a companhia.
Comentários
Compartilhe: