O que é o ticket médio?

Ticket-médio

Ticket médio é o valor médio que cada cliente gasta em um estabelecimento. Este valor é calculado a partir da soma total de vendas dividida pelo número de clientes que fizeram as compras.

O ticket médio é uma métrica importante que deve ser avaliada pelas empresas varejistas. A partir deste dado, a empresa tem a noção do quanto seus clientes gastam e, a partir daí, tomar medidas para aumentar as vendas, como promoções, mudanças nas vitrines, disposição dos produtos na prateleira e, consequentemente, aumentar o ticket médio.

Como calcular?

O cálculo do ticket médio é bem simples. Por exemplo, imagine que sua loja vendeu em um dia R$ 10.000 para 200 clientes. A conta seria dividir os R$ 10.000 por 200. Como resultado você teria o valor de R$ 50, que é o seu ticket médio. Ou seja, a média de quanto cada cliente gastou no seu estabelecimento naquele dia.

Se você considerar o seu ticket médio baixo, é preciso tomar algumas providências para aumentar as vendas e reduzir os custos, e cogitar investir em divulgação e propaganda.

Mas se você considerar seu ticket médio alto, você deve tomar atitudes para mantê-lo assim, talvez investindo em produtos exclusivos e atendimento personalizado.

O que fazer a seguir?

A partir deste dado, o empresário pode avaliar o que os clientes mais compraram e estimulá-los a comprar outros itens, preferencialmente aqueles que ele não compraria normalmente. Quando o cliente compra mais, o ticket médio aumenta.

O empresário pode também aumentar o mix de mercadorias, para que o cliente não precise ir em duas lojas para o que ele deseja, resolvendo tudo em um lugar. Para descobrir o que o cliente quer, é importante fazer pesquisas, conversar com eles, e tentar descobrir se eles sentiram falta de algum produto. A sacada é fidelizar o cliente para que ele volte e compre cada vez mais.

Outra dica é fazer uma promoção. Imagine que sua empresa venda roupas e o cliente tenha decidido levar uma calça jeans, você pode dar descontos em outros produtos, como cintos, meias, cuecas, calcinhas e sutiãs, por exemplo. Desta forma, você aumenta o valor da venda e do ticket médio.

Quer mais um exemplo? Um restaurante self-service, com pratos muito atraentes. O cliente que costuma comer pouco pode decidir colocar um pouco mais de comida no prato naquele dia caso ele veja alguma opção saborosa e irresistível. Na balança, o prato estará um pouco mais pesado e, consequentemente, mais caro e seu ticket médio vai aumentar.

Em e-commerce, uma estratégia para aumentar o ticket médio é oferecer frete grátis a partir de determinado valor de compra. Por exemplo, o cliente decidiu comprar R$ 60 em produtos, mas descobre que se ele comprar R$ 100, ele ganha o frete. Isso pode estimulá-lo a gastar mais R$ 40. Neste caso, no entanto, é importante o empresário negociar com as transportadoras tarifas mais em conta para manter sua margem de lucro.

Outra tática no e-commerce é não deixar o cliente esquecer de comprar algum produto. Por exemplo, se ele comprou um abajur, provavelmente precisará também de uma lâmpada ou um adaptador de tomadas. O objetivo é sempre fazer o mesmo cliente comprar mais.

Ao aumentar o ticket médio, o empresário aumenta suas vendas sem, necessariamente, aumentar o número de clientes, pois o mesmo cliente está gastando mais do que antes.

Comentários
Compartilhe: