O que é valor recuperável?

Valor Recuperável

O maior valor entre o valor líquido de venda de um ativo e o seu valor em uso é considerado o valor recuperável de um ativo. Podemos dizer que um item está desvalorizado quando seu valor contábil excede o seu valor recuperável.

Este exemplo ajudará a compreender melhor esse conceito: um determinado ativo tem valor contábil de R$ 100 mil. O valor recuperável desse mesmo ativo é de R$ 60 mil. Portanto, o valor da perda por desvalorização é de R$ 40 mil.

Ao fim de cada exercício social, as empresas devem avaliar se algum ativo sofreu desvalorização. Caso exista, deve ser indicado o valor recuperável desse ativo.

Além disso, a empresa deve testar, no mínimo anualmente, a redução ao valor recuperável de um ativo intangível com vida útil indefinida ou de um ativo intangível ainda não disponível para uso, comparando o seu valor contábil com seu valor recuperável.

Todavia, nem sempre é necessário determinar o valor líquido de venda de um ativo e seu valor em uso. Se qualquer um desses valores exceder o valor contábil do ativo, então ele não tem desvalorização e, portanto, não é necessário estimar o outro valor.

Comentários
Compartilhe: