10 mitos sobre empreendedorismo

Nós adoramos ouvir histórias sobre empreendedores bem-sucedidos, como os casos de Tom Jansen e Amanda Buhse. Essa dupla de empreendedores transformou um hobby em um dos pequenos negócios mais interessantes de Winnipeg, no Canadá. É claro que também existem outras histórias que são verdadeiros mitos sobre empreendedorismo.

Contudo, ler histórias de sucesso como essa de Winnipeg inspira e encoraja aqueles que estão em cima do muro, esperando pelo momento certo de colocar de se arriscar em busca de um sonho. Se você está sonhando com o seu próprio pequeno negócio, tenha a certeza de não cair em nenhum desses equívocos comuns, criando expectativas irreais.

1. Começar um negócio requer uma grande quantia de investimento

Nem sempre. Algumas pessoas começaram um negócio com menos de US$ 10 mil e a maioria delas começa com cerca de US$ 25 mil. Brian Morgan, fundador da Adventure Life, começou a sua companhia com apenas US$ 3 em 1998. Em 2008, o negócio estava avaliado em US$ 11 milhões.

2. Empreendedorismo vai me deixar rico

Desculpe, mas nem todos os empreendedores têm o mesmo sucesso que Brian Morgan. Empreender não é uma fórmula para ficar rico instantaneamente. Na verdade, geralmente leva de 1 a 3 anos para que uma startup comece a dar lucro. De acordo com um estudo da American Express de 2013, a média de salário anual de um empreendedor era de US$ 68 mil – o que não é um valor ruim, mas está longe de uma quantia de seis dígitos como você pode estar sonhando.

3. Meu produto ou serviço é o melhor, portanto vou ter sucesso instantâneo

Se você não vender do jeito certo, não fizer campanhas de marketing ou não tiver bons contatos na indústria, seu negócio vai patinar, não importa o quão bom seu produto ou serviço possam ser.

4. Ser um empreendedor vai te dar mais controle sobre a agenda

Talvez um pouco, mas tenha em mente que os primeiros anos vão tomar bastante do seu tempo, requerendo longos dias de trabalho e pouco ou nenhum tempo para férias. Além disso, você geralmente terá reuniões agendadas de acordo com a disponibilidade dos seus clientes, não da sua. Se você está trabalhando sozinho, seu tempo será bem apertado.

5. Empreendedorismo = não ter mais chefe

Adivinhe só? O negócio é o seu chefe. Todo mundo tem alguém para quem reportar, de um jeito ou de outro, mesmo que você seja o CEO do seu próprio negócio. Se você conseguiu um financiamento, os seus investidores são os seus chefes.

Você sempre responsabilizado por clientes, potenciais clientes e parceiros. Na verdade, você terá mais chefes do que antes.

6. Quanto mais clientes, melhor

Nem sempre isso é verdade. Todos os clientes nem sempre são bons clientes. Alguns dão muito trabalho para serem mantidos, pedem muitos descontos ou têm expectativas irreais, de forma que não valem o seu investimento e o seu tempo, atrasando o amadurecimento do seu negócio.

Além disso, você não pode ampliar tanto assim o seu escopo. Se você não puder cuidar muito bem da sua base de clientes, então a sua credibilidade e a sua qualidade podem ser comprometidas.

7. Empreender é divertido

Pode ser, mas nem sempre as coisas são como caminhar no parque. Existirão muitos altos e baixos, com o melhor dos pontos positivos e o pior dos pontos negativos. As coisas podem se parecer com um monstro ou como uma montanha-russa em alguns momentos, então aperte os cintos e se prepare para uma grande jornada.

8. Você precisa ter um plano de negócios

Nem sempre. É bem verdade que é importante centralizar as coisas em um só lugar, mas um elaborado plano de negócios pode ser uma grande perda de tempo se, uma vez que planos e previsões podem mudar constantemente, ainda mais se você ainda não validou as hipóteses do seu negócio.

O que é importante é compreender muito bem o seu propósito principal, independente do seu modelo de negócios. Quem são os seus clientes, o que eles querem, como você vai entregar seu produto ou serviço a eles e como você vai ter lucro com isso são perguntas fundamentais a serem respondidas.

9. Qualquer um pode ser um empreendedor

Certamente não. Trabalhar por conta própria é uma meta improvável se você é o tipo de pessoa que não consegue fazer o seu trabalho sem algum tipo de pressão ou direcionamento de outras pessoas. Você é quem ficará responsável por tomar as grandes decisões e será a pessoa que vai guiar outros pelo caminho.

Para ser bem-sucedido, você precisa de disciplina e confiança em suas habilidades. Ah, e antes que eu me esqueça: paciência, perseverança e senso de humor. Atributos-chave para se ter sucesso.

10. Você precisa ter sorte

Sorte é uma coisa maravilhosa e certamente existem quando algumas variáveis estão a seu favor, mas não é um ingrediente principal para o sucesso de um pequeno negócio. Empreendedores bem-sucedidos trabalham duro, são determinados e focados em seus objetivos.

Então, sim, ser um empreendedor pode ser desafiador, mas também pode ser uma das coisas mais recompensadoras que você já fez na sua vida. A sensação de conquistar o que você quer ao mesmo tempo em que você vê o seu negócio crescer e prosperar é incomparável. Lembre-se:

“Ame o que você faz. Trabalhe duro. Tenha fé nos seus sonhos – e o sucesso virá”.

LEIA MAIS:

Software de gest„o empresarial

Compartilhe: