O poder do marketing pessoal para contadores

marketing pessoal

Em um mercado cada vez mais competitivo, ter apenas habilidades técnicas não basta. Por mais competente que você seja como contador, saber se vender também é essencial. Para isso, é importante investir no marketing pessoal e trabalhar sua imagem profissional. Entre os benefícios de apostar na prática, estão o aumento da credibilidade junto ao mercado e potenciais clientes, mais indicações para trabalhos e, principalmente, valorização do seu nome dentro da área.

Saiba mais sobre a importância do marketing pessoal para contadores e veja como começar a usar a prática a seu favor:

Marketing pessoal para contadores: como começar?

Assim como em qualquer estratégia de marketing, o ponto de partida para montar seu plano de marketing pessoal é saber quem é seu cliente, ou seja, com quem você deseja estabelecer uma relação. Para isso, defina, em primeiro lugar, qual é o perfil do grupo que você deseja atingir, como grandes executivos que podem vir a contratar seus serviços de contabilidade, por exemplo, ou pequenas e médias empresas. Em seguida, é hora de estruturar sua imagem, buscando quais são os pontos fortes da sua trajetória e quais são as suas habilidades que devem ser reforçadas para atingir o seu público-alvo (liderança, capacidade de trabalhar em equipe etc.).

O poder do mundo digital

Com a estratégia montada, é hora de partir para ação. As redes sociais são excelentes aliadas nesse momento. Para ver e ser visto, é importante manter-se ativo em sites como Facebook e LinkedIn. Faça parte de comunidades relacionadas à contabilidade e gestão, poste e compartilhe assuntos interessantes e fortaleça sua imagem junto aos seus pares e potenciais clientes. Criar um blog sobre sua expertise também é interessante para seu marketing pessoal e aumenta suas chances de se tornar uma referência em sua área de atuação.

Ações offline

Além de aproveitar as facilidades oferecidas pela internet, o marketing pessoal para contadores também passa por criar e manter uma imagem sólida no mundo offline. Tenha cuidado para se vestir de acordo com a forma que sua profissão exige, cuide da sua postura e procure ser claro e objetivo na hora de falar. Contadores tímidos podem apostar em um curso de oratória para poder falar melhor em público, por exemplo.

Networking: relacionamentos fazem a diferença

Os contadores que desejam usar o marketing pessoal a seu favor não podem se esquecer de cultivar uma boa rede de relacionamentos. Isso passa por manter contatos com pessoas que você conheceu e considera que são interessantes profissionalmente. Esses profissionais não precisam ser necessariamente contadores: empresários e pessoas de outras áreas de atuação podem qualificar ainda mais sua rede de contatos. É importante ter em mente que fazer networking não tem nada a ver com se aproximar de outras pessoas por puro interesse: a ideia da prática é que os dois lados possam evoluir juntos e se ajudar mutuamente.

Não deixe de usar essas dicas para aperfeiçoar ainda mais seu marketing pessoal, valorizar sua imagem no mercado e se diferenciar dos seus concorrentes.

Você já investe no seu marketing pessoal? Tem alguma outra dica? Não deixe de comentar no nosso post!

Compartilhe: