O que é SaaS e WaaS?

Entenda o que as siglas SaaS e WaaS significam e descubra porque esses modelos de negócios podem ser importantes para a sua empresa.

Se você acessa com frequência sites que falam sobre tecnologia e administração, certamente já deve ter se deparado por termos como SaaS e WaaS nos mais diversos tipos de conteúdo. Entretanto, se o termo não vier acompanhado de tradução, é bem provável que a maioria das pessoas não exatamente o que está sendo dito. Saber o que é SaaS e WaaS não é uma tarefa difícil.

Ambos os conceitos são mais simples do que possa parecer. Nesse artigo, vamos detalhar qual é o significado de cada um deles para que você não tenha mais dúvidas sempre que esse termo surgir. Aliás, ambos podem ser fundamentais para o seu negócio, por isso é bom ficar de olho.

O que é SaaS?

SaaS nada mais é do que uma sigla para “Software as a Service”, ou seja, “Programa como um Serviço”, em tradução direta. Trata-se de um modelo de negócios que vem sendo adotado com frequência cada vez maior pelas grandes companhias, especialmente com o avanço da computação em nuvens.

Simplificando ainda mais, a ideia é que uma empresa, ao em vez de vender uma licença de software cuja validade é permanente, passe a oferecer seus serviços por meio de uma assinatura mensal. Trata-se, portanto, de contratar um serviço online que, em outras épocas, poderia ser oferecido por meio de um software.

E por que essa forma de trabalho tem se destacado tanto? A resposta para essa pergunta é bastante simples: redução de custos e ganho de agilidade. Um serviço baseado na nuvem permite que o cliente o acesse a partir de qualquer lugar, enquanto os softwares instalados requerem, em geral, uma base fixa. Ou seja, receita recorrente, algo valioso e muito importante para projetar crescimento e balancear o fluxo de caixa.

Além disso, nessa modalidade, é possível às empresas contratarem apenas partes de um serviço, ou seja, módulos sob demanda, algo que era visto como inviável ou muito caro quando havia somente a opção de instalação mediante licença de uso de software. Assim, ganham todos com o aumento de produtividade e eficiência. A própria Adobe que anteriormente vendia versões vitalícias dos seus produtos, como o Photoshop, hoje trabalham com assinatura mensal ou anual de seus produtos.

O que é WaaS?

O conceito de WaaS é bastante similar ao de SaaS, mas o que muda é o tipo de serviço oferecido. WaaS é uma sigla para “WLAN as a Service”, ou seja, “WLAN como serviço”. WLAN, no caso, é uma sigla em inglês para “Wireless Local Area Network”, que nada mais do que o popularmente conhecemos como WiFi.

Quando uma empresa oferece uma conexão WiFi como um serviço, então podemos dizer que ela oferece uma modalidade de WaaS. Para entender melhor como isso funciona, é preciso voltar no tempo analisar esse modelo de negócio.

Antigamente, muitas empresas que trabalhavam com a instalação de pontos de WiFi deixavam toda a responsabilidade sobre a rede, no que diz respeito ao gerenciamento e à manutenção, por conta do cliente. Ou seja, o “produto” era entregue e dali em diante toda a responsabilidade passava a ser do comprador. Com a chegada do WaaS essa proposta mudou. Agora, muitas empresas, além da instalação, oferecem a manutenção e o gerenciamento, cobrando um valor mensal do cliente.

Agora ficou bem mais fácil de entender as duas siglas, não é mesmo?

LEIA MAIS:

Comentários