Por que investir em endomarketing na sua empresa?

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Um dos itens que tem sido apontado pelos empregados como um dos maiores diferenciais em uma empresa nos dias atuais é o ambiente de trabalho. Mais do que apenas oferecer um bom salário, os profissionais estão preocupados em estar em um lugar onde se sintam valorizados e tenham possibilidades de crescer. Essa é a apenas uma das justificativas sobre porque investir em endomarketing é importante. A imagem da sua empresa não é definida apenas pelos seus produtos ou pela opinião dos seus consumidores.

A maneira como seus empregados enxergam o local onde trabalham – e como se relacionam com outras pessoas – também pode ser um diferencial significativo para o desenvolvimento da companhia.

Afinal, o que é endomarketing?

A palavra pode parecer um pouco complicada, mas é muito simples entender esse conceito. O prefixo “endo” diz respeito a algo “interno” enquanto marketing você já sabe o que é. Portanto, endomarketing nada mais é do que uma forma de divulgar ou fazer propaganda dos ideais e valores da sua empresa para o público interno.

Portanto, podemos definir o endomarketing como um conjunto de ações destinadas a melhorar o ambiente de trabalho, aumentar a integração entre os setores e tornar todos os colaboradores mais engajados no trabalho. Simples de compreender, não é mesmo?

Endomarketing não é só comunicação interna

Muitas pessoas ainda confundem os conceitos de marketing e comunicação interna. Na prática, ambos são ferramentas complementares, mas uma não substitui a outra. Como já mencionamos, o endomarketing é um conjunto de ações a serem tomadas dentro da empres, das quais uma delas pode ser a melhoria na comunicação interna.

Aqui, entram em cena diversos valores. Salários em dia, valores que sejam compatíveis com o mercado, carga de trabalho adequada para a função, boas perspectivas de crescimento e ambiente de trabalho saudável. Obviamente, as dificuldades do dia a dia podem colocar pressão sobre alguns cargos, mas tudo deve ficar dentro de limites aceitáveis.

Por que você deve investir em endomarketing?

Há várias razões para convencer você a investir em endomarketing, mas duas delas podem ser consideradas essenciais: a primeira é o fato de que não existe divulgador melhor dos seus produtos do que os seus funcionários. Se nem eles estão satisfeitos com o modo como a companhia os trata, imagine então o que o público externo vai pensar disso. O primeiro passo, portanto, é conquistar o coração de quem está mais próximo.

Feito isso, saiba que funcionários satisfeitos com o ambiente de trabalho têm muito menos propensão a deixar a empresa quando surge uma proposta melhor. Isso porque não é apenas o dinheiro o fator decisivo, mas sim um conjunto de coisas. Na esteira, você poderá perceber ainda aumento na produtividade, redução com custos trabalhistas e valorização da marca no mercado.

E como tornar o bom endomarketing uma realidade na empresa?

Se você está convencido de que é importante investir em endomarketing, parabéns: você já tem meio caminho andado em direção à melhoria do ambiente de trabalho. O que você precisa, agora, é elaborar um plano de ação e colocá-lo em prática visando atingir os seus principais objetivos, sejam eles quais forem.

O primeiro passo, portanto, é reconhecer como está o ambiente interno. Nesse momento, tanto os departamentos de Recursos Humanos quanto de Marketing podem elaborar uma pesquisa interna visando reconhecer o clima atual. É a partir dos pontos fracos e pontos fortes ressaltados que você poderá ir em busca de soluções e melhorias.

Depois de conhecer o cenário, é chegada a hora de agir. Envolva os gestores para que todos possam debater acerca das melhores maneiras de desenvolver soluções para os problemas apontados. Treinamentos, cursos de liderança, palestras motivacionais e mudanças na forma de se relacionar com seus empregados estão entre as prováveis medidas a serem tomadas.

LEIA MAIS:

banner-sage-business

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn